Cesta básica em Caruaru apresenta nova alta no valor em dezembro

Em pesquisa coordenada pela professora Eliane Alves, o Centro Universitário UniFavip divulgou, a partir dos cursos de Ciências Contábeis e Gestão Financeira, dados sobre o valor da cesta básica, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. Os dados são referentes ao mês de dezembro, quando foi registrado um aumento de 3,11% no valor total, o que representa uma alta significativa, após queda em novembro. Durante 2020, a cesta básica do caruaruense apresentou uma variação de 29,2%, comparado ao ano anterior.
 
De acordo com a pesquisa, os itens que mais contribuíram para o aumento no valor total da cesta básica em dezembro foram a carne (7,02%), o feijão (8,5%), a banana (6,51%) e a margarina (5,77%). Para comprar a quantidade necessária de carne, o caruaruense precisou desembolsar, em média, R$ 111,50. Para os outros itens que mais pesaram na cesta, o valor gasto foi, em média, de: R$ 68,94 para o pão, R$ 35,88 para os legumes e para o feijão R$ 32,42.
 
Baseado na metodologia do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), a pesquisa levantou as horas trabalhadas para a obtenção da cesta básica. Para pagar o valor apresentado pela cesta básica no mês indicado, o assalariado de Caruaru precisou trabalhar 84 horas e 30 minutos. Além disso, o salário mínimo ideal para um trabalhador da cidade, diante deste cenário, seria de R$ 3.071,16.
 
Ainda segundo a professora Eliane, alguns alimentos que compõem a cesta apresentaram leve queda, a exemplo do leite (7,19%) e do arroz (1,9%). Se compararmos Caruaru à Recife, a alimentação básica caruaruense apresentou uma leve queda na diferença, passando de R$ 108,445, em novembro, para R$103,82.
 
O ano de 2020, diante da pandemia, apresentou uma considerável alta na maioria dos itens da cesta básica. Os produtos que mais apresentaram variação percentual foram, da maior para a menor: o óleo (107,4%), o arroz (84%), o tomate (43,75%), a carne (37,82%) e o açúcar (31,73%).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *