Bom Conselho, no Agreste, sai do racionamento de água

As chuvas continuam generosas para a região do Agreste Meridional de Pernambuco. Agora foi a vez de Bom Conselho ser beneficiada com a recuperação do principal manancial que fornece água para a cidade, a Barragem do Bálsamo. O reservatório atingiu a sua capacidade máxima de acumulação, 19 milhões de metros cúbicos, e está vertendo. Esse volume de água não só permite acabar com o racionamento na cidade, como garante o abastecimento da população de Bom Conselho até o próximo período de chuvas, em 2018.

A Barragem do Bálsamo registrou o maior percentual de acúmulo com as chuvas do mês de julho, quando passou de 30% para 100% do seu nível de armazenamento.

Barragem do Bálsamo. (Foto: Compesa)

Além do Bálsamo – que corresponde a 60% da água distribuída na cidade – o sistema de abastecimento de Bom Conselho conta com a contribuição de outros cinco mananciais. As Barragens Caboge (153 mil metros cúbicos de água) e Bolandim (112 mil metros cúbicos) estão vertendo, enquanto que Baixa Grande, Mata Verde e Caixa D’Água tiveram os níveis regularizados pelas chuvas.

“A Barragem do Bálsamo é o principal manancial que atende a população da cidade, cerca de 30 mil pessoas. Além do bom nível do Bálsamo, também conseguimos retirar Bom Conselho do rodízio com a retomada da captação na Barragem de Mata Verde, que estava em colapso”, explica o gerente de Unidade de Negócios da Compesa, Igor Galindo. Antes das chuvas, a cidade estava sendo abastecida com o calendário de cinco dias com água e dez dias sem.

Receba notícias atualizadas direto no seu WhatsApp sem participar de grupos. Totalmente grátis. Envie "PMU" para o número (81) 9 9808-0173.

Leonardo Santos

Fundei o Portal Mídia Urbana. Sou formado em Jornalismo pela UNIFAVIP/DeVry e a paixão em escrever para a web começou em 2008 (desculpa aí). Viciado em música – muita música – também sou aficionado em tecnologia. Além do Portal, trabalho como assessor de imprensa e social media e possuo um canal no YouTube.