Exclusivo: situação da GPA só vai mudar após reformas na estrutura do local

Na última terça-feira (28),  as atividades ao público da Gerência de Proteção Animal (GPA) de Caruaru foram suspensas. De acordo com a Prefeitura, a entidade paralisou os serviços ao público, após uma determinação do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de Pernambuco (CRMV-PE). O PMU foi buscar respostas, para compreender melhor a situação atual da GPA. 

GPA está com atendimentos suspensos até passar por reforma. (Foto: Rafael Lima)

O vereador Fagner Fernandes, conhecido por defender a causa animal na Câmara, contou que a situação da Gerência se agravou por conta de uma discussão entre uma Professora e a Veterinária que trabalha na GPA. Após o ocorrido, o Sindicato entrou em ação. “O Sindicato esteve presente na GPA na semana passada, e viu algumas questões que precisavam de melhorias. Eles procuraram a Prefeitura e fizeram algumas recomendações para que o bloco cirúrgico fosse fechado” contou.

Fagner ainda conta que a GPA precisa passar por melhorias. “A gerencia precisa de uma melhoria. Como vereador, venho cobrando isso há muito tempo, para que a situação não chegasse ao ponto que chegou” completou.

Na última semana, os vereadores Alberes Lopes e Daniel Finizola estiveram na Gerência de Proteção Animal para uma fiscalização. Durante a visita, os parlamentares identificaram falta de estrutura e atendimento. Alberes conta ao PMU que no dia da visita, os atendimentos estavam suspensos. “No dia em que estivemos na GPA, não estavam acontecendo atendimentos. Falta estrutura para os animais e o local está superlotado” destaca.

GPA terá que passar por uma reforma para voltar a funcionar. (Foto: ASCOM/Alberes Lopes)

Lopes acrescentou que está cobrando da prefeitura que a estrutura seja feita o mais breve possível “A gente já vem cobrando da P refeitura que faça essa estrutura  o mais rápido possível, porque na nossa cidade existem muitos animais, e precisa que a prefeitura dê esse apoio, tanto aos animais de rua, como para os animais de pessoas que não tem condições de levar no veterinário e precisa de assistência.

A equipe do PMU entrou em contato com o coordenador de fiscalização do Conselho Regional de Medicina Veterinária de Pernambuco, Ivanildo Porto, que informou que não fechou a GPA, apenas suspenderam os serviços. “O estado de precariedade que essa [gerência] se encontrou é para fechar definitivamente, até que se recupere toda a estrutura física. Porém, nós não fechamos, a gente preferiu primeiro conversar com o gerente.” explicou.

Porto informou ainda que vem tentando entrar em contato com o gerente da GPA, porém, ele não atende as ligações, e por isso irão enviar um ofício para que ele compareça ao CRMV-PE. “[Para voltar a funcionar]  tem que reformar, eles estão descumprindo a resolução do conselho federal que trata da estrutura física de clinicas, consultórios, hospitais e tudo mais” finalizou.

A POPULAÇÃO

A população de Caruaru organizou um baixo assinado online onde pede que a Prefeita Raquel Lyra e a Câmara de Vereadores façam melhorias e reative a Gerência de Proteção Animal. O baixo assinado pode ser acessado clicando aqui.

 

Sabrina Sales

Estudante do sexto período de Comunicação Social com Ênfase em Jornalismo pela Unifavip – DeVry em Caruaru/PE.