Homossexual é decapitado em Gravatá

Um jovem homossexual foi assassinado e decapitado dentro de um bar, no bairro Riacho do Mel, em Gravatá. De acordo com informações da Polícia Militar, a vítima, de 21 anos, foi surpreendido por tiros e em seguida teve a cabeça arrancada e levada pelos criminosos.

De acordo com os familiares, o jovem frequentava rituais de magia negra e acreditam que ele pode ter sido vítima de um desses rituais, outra possível causa seria homofobia. Segundo os policiais, o jovem, vendia DVDs no Centro da cidade, tinha envolvimento com tráfico de drogas e cometia furtos onde morava.

A Polícia informou que a cabeça da vítima continua desaparecida. A autoria e a motivação do crime estão sendo investigadas pela Polícia Civil. O corpo do jovem foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru.

Sabrina Sales

Estudante do sexto período de Comunicação Social com Ênfase em Jornalismo pela Unifavip – DeVry em Caruaru/PE.