Moradores denunciam situação de vias estragadas após chuva em Caruaru

As chuva dos últimos meses em Caruaru, causaram estragos em diversas ruas da cidade. Quem mora em lugares que dependem dessas vias, passa por dificuldades para se locomover. Um exemplo disso, são as ruas de acesso ao Condomínio Praça das Palmeiras, localizado por trás do Caruaru Shopping. Com as vias obstruídas, o transporte público parou de ir para o local, afetando os moradores dos 128 apartamentos e da Vila Campo Novo, que também utilizavam o ônibus.

(Foto: Sabrina Sales)

 

O subsíndico do condomínio, professor Kleber Gonzaga de Assis, contou ao PMU que a luta para fazer os ônibus passarem por lá começou a quatro anos atrás, e depois de muita luta e persistência, o local se tornou ponto fixo, ajudando principalmente as famílias da Vila Campo Novo, que tinham que andar muito mais para chegar ao ponto do ônibus. 

“Quando eu vim morar aqui a 4 anos atrás, não existia linha de ônibus aqui. Quando eu fiquei sabendo, eu entrei em contato com a destra. Depois de muita apelação a gente conseguiu fazer uma linha de tráfico junto com a destra. Essa linha entrou em fase de experiência por 6 meses, e depois se tornou um alinha permanente.” afirmou Kleber.

(Foto: Sabrina Sales)

 

A síndica do condomínio, administradora Gilvânia Edsa, contou que após esse período de chuva já foi enviado ofício para o departamento da Prefeitura de transporte interurbano e Destra. Também foram atrás da imprensa. Ela ainda pontua que a má qualidade das ruas, danificam os transportes pessoais, e colocam as pessoas que tem que andar a pé em risco. 

(Foto: Sabrina Sales)

 

O subsíndico Kleber, ainda destaca que “Segundo os motoristas, o dono [da empresa de ônibus] disse que se quebrasse uma mola, ou qualquer coisa do ônibus para fazer o trajeto, quem arcaria com os custos seriam os motoristas, então eles pararam de vir para o ponto.” 

(Foto: Sabrina Sales)

 

 

Por conta dos ônibus não passarem mais no ponto, algumas famílias que dependiam do transporte público tiveram que se mudar, pois, não tinham condições de continuar morando lá.

RESPOSTAS

O PMU entrou em contato com a Secretaria de Urbanismo e Obras, que informou por meio de nota, que iniciarão os serviços na segunda quinzena desse mês, e que as vias se encontram em condições de passagem dos ônibus. 

Confira a nota completa: 

“A secretaria de Urbanismo e Obras informa que, os serviços a serem executados em torno do Residencial Parque das Palmeiras estão previstos para iniciarem na segunda quinzena deste mês. Em relação à rota dos ônibus, equipes estiveram no local, e foi constatado que, as vias encontram-se possibilitadas para passagem dos ônibus.” 

Sabrina Sales

Estudante do sexto período de Comunicação Social com Ênfase em Jornalismo pela Unifavip – DeVry em Caruaru/PE.