Professores da rede municipal entram em estado de greve em Caruaru

Os professores da rede municipal de ensino decidiram entrar em estado de greve, após uma reunião, realizada nesta quarta-feira (19), com representantes da prefeitura, em Caruaru. Os professores estão reivindicando o pagamento do piso salarial para toda a categoria, já que, segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Caruaru (Sinteduc), apenas alguns profissionais receberão o reajuste salarial. Além disso, a categoria também pede a reformulação do Plano de Cargos e Carreiras (PCC). 

A reunião da Mesa Permanente de Negociação contou com a presença de representantes do Sinteduc, das Secretarias municipais de Administração; Fazenda; Planejamento e Controladoria, além de representantes dos Sindicatos dos Agentes de Saúde. Devido à mistura de pautas, a reunião foi considerada improdutiva pela categoria de professores, que decidiu entrar em estado de greve durante 30 dias. 

O estado de greve é tido como um alerta para a prefeitura e, caso a resposta para os professores não seja positiva, a categoria pode deflagrar a paralisação. Uma assembleia será realizada nas próximas semanas para definir a situação.


(Foto: Arnaldo Félix/PMC)

João Pedro

Estudante do 6º período de Jornalismo e estagiário aqui no Mídia Urbana.