Comércio de Caruaru espera bons resultados em 2018



O ano de 2018 começou, e a expectativa de que o comercio comece a alavancar as vendas é grande em todos os setores do comércio. De acordo com lojistas locais, ao longo 2017, a economia obteve uma melhora gradual, o que acaba sendo um dos fatores principais para essa boa perspectiva sobre este novo ano.

Continua após a publicidade

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Caruaru (CDL), Adjar Soares, contou em entrevista ao PMU que as vendas do fim de ano superaram as expectativas, o que faz com que se espere um 2018 melhor que o ano anterior. “Podemos agora esperar um início de ano melhor do que tivemos em 2017, inclusive com alguns funcionários que foram contratos temporários que deveriam ser efetivados agora em 2018.”

Adjar falou ainda sobre estar otimista para este ano que inicia. ” A sinais na economia que nos leva a acreditar que 2018 será um ano melhor, a inflação baixa, a tendência de juros menores e a um pequeno aumento no número de empregos ofertados, sendo assim estamos otimistas para 2018.” falou o presidente da CDL.

O lojista Miguel Duarte, acredita que as coisas irão melhorar, mas de forma lenta. “Há uma boa perspectiva de que o mercado vai melhorar, a gente sabe que vai ser muito lento, a crise desceu de elevador, mas está subindo agora de escada. Mas a gente está confiante.”

CENTRO DE COMPRAS

De acordo com a assessoria do Shopping Difusora, o mall pretende aumentar em 15% as vendas em relação ao ano anterior. O gerente de marketing do Shopping Difusora, Welter Duarte,  acredita que este ano será mais intenso. “Nossa ideia é fazer com que o shopping seja considerado um espaço ainda mais destinado às famílias, com atrações e operações para todos os gostos e necessidades”, comentou.

Já o Caruaru Shopping, espera um aumento de 25% de incremento nas vendas em 2018.

(Foto: Leonardo Santos/PMU)

SULANCA

Para alguns sulanqueiros, 2017 não foi um ano tão bom em relação as vendas. Em dezembro, por exemplo, alguns comerciantes afirmaram que as compras de fim de ano não foram maiores que as de 2016. Contudo, mudanças estruturais no Parque 18 de Maio anima os mais esperançosos.

O comerciante José Nunes, espera um 2018 melhor, por conta das mudanças que devem acontecer na Feira da Fundac, onde ele comercializa. “A Prefeitura prometeu mudanças estruturais aqui na Fundac, e esperamos que isso aconteça para alavancar nossas vendas, que em 2017 não superaram as expectativas” destaca.

Recomendado para você