Auditoria informa que R$ 1,4 bi foram pagos indevidamente no Bolsa Família

HomeCARUARU E REGIÃOBRASIL

Auditoria informa que R$ 1,4 bi foram pagos indevidamente no Bolsa Família

Foram encontradas fraudes em cerca de 350 mil cadastros.

A Controladoria-geral da União (CGU) realizou uma auditoria nos benefícios do programa Bolsa Família, onde foi revelado quase 350 mil cadastros fraudados. De acordo com o relatório da CGU, R$ 1,4 bilhão foram pagos a quem não tinha direito ao benefício, a Controlaria informou que essas pessoas estão sendo localizadas.

O levantamento, que foi realizado entre os anos de 2016 e 2017, contatou funcionários públicos, famílias com casa própria e carros de luxo cadastradas no programa. O Bolsa Família foi criado para pessoas que possuem renda de R$ 170 por pessoa, e foram apontadas famílias com renda de mais de R$ 1.900 por membro da família.
O ministério do Desenvolvimento Social, informou que esta conferindo as informações da CGU com a checagem que já estava sendo feita, e que a partir de agora os cadastros passaram a ser revistos todos mês. O Governo informou que de outubro de 2016 atá a ultima semana de 2017. 4,7 milhões de pagamentos foram cancelados.

O Ministério do Desenvolvimento Social informou que cartas foram enviadas para as famílias, e que até o momento apenas 23 famílias devolveram o benefício espontaneamente. A expectativa é que se receba 12 milhões de reais que foram recebidos indevidamente.

COMENTÁRIOS

WORDPRESS: 0
    DISQUS: 0