Vacina contra febre amarela está disponível em Caruaru

HomeCARUARU E REGIÃO

Vacina contra febre amarela está disponível em Caruaru

A imunização está disponível apenas para quem for viajar para as áreas de risco.

O Brasil está passando por um surto de febre amarela em algumas áreas do país. Esta doença é transmitida por mosquitos, porém pode ser prevenida por meio de vacina, que em dose única garante imunidade para a vida inteira. Pernambuco não registra casos da doença há mais de 80 anos, porém, é indicado que quem vá viajar para locais de risco, se previna. 

Caruaru está fora da área de risco da doença, entretanto, diversos caruaruenses viajam para locais que estão em alerta, e essa movimentação pode acabar trazendo o vírus para o município. Em casos em que a doença é considerada leve, causa febre, dor de cabeça, náuseas e vômitos. Os casos graves podem causar doenças cardíacas, hepáticas, renais podendo levar a morte. Não existe cura para esta doença, o tratamento é controlar os sintomas.

A Secretária de Saúde de Caruaru, informou que a vacina contra febre amarela está disponível no Centro de Saúde Ana Rodrigues (antigo circulo operário), próximo a igreja São Francisco. A vacina é recomendada para quem for viajar para as áreas endêmicas. A vacina pode ser tomada por crianças a partir dos 9 meses até os 59 anos. Pessoas acima dos 60 anos, e gestantes só podem tomar a vacina com prescrição médica. Mulheres que estiverem amamentando, só é recomendado a vacinação apos os 6 primeiros meses. 

A vacina deve ser tomada 10 dias antes da pessoa realizar a viagem para o local de risco, pois a imunidade se inicia cerca de 7 a 10 duas após sua aplicação. A vacina não precisa ser aplicada novamente, porém, em caso de perca do cartão de vacina, uma nova dose deve ser administrada, pois a vacina só é considerada se comprovada.

As pessoas que forem se imunizar, devem levar o cartão de vacina e comprovar a viagem. Isso pode ser feito com comprovante de passagem ou de hotel, e em caso de ir para casa de parentes, o comprovante de residência e endereço dos mesmos.

A Secretaria informou ainda que crianças menores de 6 meses, pessoas com histórico de eventos adversos graves em doses de febre a amarela anterior, pessoas com alergia a proteína do ovo comprovada em teste alérgico e Pacientes portadores de HIV ou outra imunossupressão grave não podem tomar a vacina.

A equipe do PMU entrou em contato com a Secretaria Estadual de Saúde, que informou que desde 2017 está em vigilância, porém desde 1930, não se teve registo desta doença. A Secretaria informou ainda que está abastecida do imunizante para o público que precisar.

Confira a nota na íntegra:

“A Secretaria de Saúde de Pernambuco (SES/PE) informa que o Estado não registra casos de febre amarela desde a década de 1930, seja em animais ou em humanos.

Mesmo assim, desde o início de 2017, foi instituída uma vigilância permanente. A SES/PE destaca que a vigilância segue no período do carnaval.

IMUNIZAÇÃO – Por não haver risco de transmissão da doença no Estado, o Ministério da Saúde considera Pernambuco como Área Sem Recomendação de Vacina (ASRV). Sendo assim, não há a necessidade de vacinação para seus residentes e para os turistas que visitam o Estado. A vacina só é indicada para aqueles que residem ou viajarão, por motivo de férias ou trabalho, para as Áreas Com Recomendação de Vacina (ACRV) devido ao risco de transmissão. A Secretaria de Saúde de Pernambuco ressalta que está abastecida do imunizante para o público que tem indicativo para o uso.”

Confira as áreas de risco no Brasil:

RegiãoEstado
NorteAcre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins
NordesteBahia, Maranhão e Piauí
Centro-OesteGoiás  (incluindo Brasília – DF), Mato Grosso e Mato Grosso do Sul
SudesteEspírito Santo, Minas Gerais (todos, incluindo Belo Horizonte) e São Paulo
SulParaná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina

COMENTÁRIOS

WORDPRESS: 0
    DISQUS: 0