Pena do ex-presidente Lula é ampliada para 12 anos


Brasil | Da redação do Portal Mídia Urbana,
24 de Janeiro de 2018 às 17h32min
(Foto: Douglas Magno/AFP)

Nesta quarta-feira (24), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi condenado novamente por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do triplex, em Guarujá, em São Paulo. Os três desembargadores da 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) votaram em favor de manter a condenação e aumentar a pena de 9 para 12 anos.

O julgamento durou 8 horas e 15 minutos, mais uma hora de intervalo, e quem participou da votação foi o relator do processo, João Pedro Gebran Neto, o revisor, Leandro Paulsen e o desembargador Victor dos Santos Laus.

Os desembargadores ampliaram a pena para 12 anos e 1 mês de prisão, com início em regime fechado. A pena só deve começar a ser cumprida após a tentativa de todos os recursos possíveis no âmbito do próprio TRF-4.

PÓS JULGAMENTO

Lula não será preso de imediato, só apos todos os recursos serem esgotados. A Defesa do ex-presidente ainda pode recorrer ao Supremo Tribunal de Justiça (STJ) e ao Supremo Tribunal Federal (STF), para tentar reverter a condenação. O PT poderá registrar a candidatura de Lula para presidente, que terá candidatura mantida enquanto houver recursos pendentes. O Tribunal Superior Eleitoral (STE) decidirá se Lula ficará inelegível.


Comentários


LEIA MAIS

Caruaru

Solange Almeida é uma das atrações da Semana Santa de Gravatá 2018

As festividades irão acontecer entre os dias 29 e 31 de março.

23 de Março de 2018 às 11:33h
Caruaru

21 cidades de Pernambuco serão beneficiadas com o Cartão Reforma

Segundo o Ministério, o orçamento do investimento total é de cerca de R$ 100 milhões.

5 de Janeiro de 2018 às 14:33h
Caruaru

INSS Caruaru não vai funcionar nesta segunda (19)

Ato está sendo realizado pelo Sindicato dos Servidores, saiba mais:

19 de Fevereiro de 2018 às 10:21h
Caruaru

Durante o Carnaval beijo roubado se caracterizará como estupro

Em Pernambuco, a pessoa que for flagrada beijando outra forçadamente será detida e enquadrada no crime de estupro.

12 de Fevereiro de 2018 às 09:30h