Funcionários da Rede Estadual de Educação podem entrar em greve

O Governo de Pernambuco não aceitou repassar o ajuste anual previsto por lei para os professores da rede estadual, assim o estado de greve foi decretado. De acordo com as noras, o salário deveriam vir com reajuste de 6.81% desde janeiro de 2018.

Em dezembro de 2017 foi entregue à Secretaria de Educação uma pauta com as reivindicações, e em fevereiro e começo de março de 2018 foram realizadas assembleias, porém, a parte administrativa do governo não recebeu a categoria.

Continua após a publicidade

Segundo informações dos professores, está marcada uma nova reunião para o dia 21 de março, e caso o reajuste não seja aceito, os 44 mil servidores irão paralisar as atividades.

Recomendado para você