Fagner Fernandes defende alimentação à animais comunitários

HomeCARUARU E REGIÃO

Fagner Fernandes defende alimentação à animais comunitários

Os trabalhadores do Matadouro Público estão proibidos pela diretoria a alimentar os animais do local.

O vereador Fagner Fernandes, denunciou as condições precárias em que o Prédio de Inspeção do Matadouro Público se encontra, e solicitou que a diretoria mudasse a determinação que nenhum animal comunitário da área fosse alimentado por as pessoas que trabalham no local. A diretoria se mostrou inflexível diante da decisão.

Fagner fala que os animais não estão nas ruas porque querem, e sim porque foram vítimas de quem agiu de forma irresponsável. “Se a diretoria, que é ligada a gestão municipal proibi as pessoas que se propõem a ajudar voluntariamente, alimentando os animais, cabe à administração recolher esses animais e encaminhá-los para Gerência de Proteção Animal, órgão responsável pelo cuidado e proteção de cães e gatos em estado de vulnerabilidade”.

De acordo com a Lei Municipal 4.944/2010 – Art.16, os animais encontrados soltos em vias, logradouros e locais de livre acesso ao público devem ser recolhidos e encaminhados aos cuidados da GPA. Em caráter estadual, os animais são protegidos pela Lei 14.139, Art. 7, que garante a proteção dos cães e gatos comunitários, eles devem ser  castrados, registrados pelo município e devolvidos ao local de origem.

COMENTÁRIOS

WORDPRESS: 0
    DISQUS: 0