OAB Caruaru diz que “grupo com intenções políticas” plantou notícias falsas

HomeCARUARU E REGIÃO

OAB Caruaru diz que “grupo com intenções políticas” plantou notícias falsas

Na manhã da última terça-feira (21), a Ordem dos Advogados do Brasil em Caruaru (OAB Caruaru) realizou um ato de desagravo na sede do BIESP, em Caruar

Celebração de um ano do BIEsp com redução em roubos e homicídios
Agência de banco é roubada e menor assaltante é ferido pela polícia
MPF quer apoio de Exército e PM para evitar aglomeração em agências da Caixa em Caruaru

Na manhã da última terça-feira (21), a Ordem dos Advogados do Brasil em Caruaru (OAB Caruaru) realizou um ato de desagravo na sede do BIESP, em Caruaru. O que era pra ser um manifesto contra supostos abusos cometidos por policiais em julho, quando um advogado foi preso, acabou terminando em confusão e pancadaria. Populares que acreditavam que a OAB estaria protestando pedindo o fechamento do Batalhão de Polícia invadiram o ato e saíram no tapa com advogados e policiais. O Mídia Urbana mostrou ontem a confusão através de um vídeo. Assista:

Na noite desta quarta (22), a OAB Caruaru emitiu uma nota, afirmando que “lamenta que um grupo com interesse político tenha plantado notícias falsas nas redes sociais, com o intuito de deturpar o ato”. Confira a nota completa:

NOTA DE ESCLARECIMENTO À SOCIEDADE.

Considerando o ato de desagravo ocorrido no dia de ontem(21), vimos esclarecer o seguinte:

1. A OAB, em sua representação Nacional, Estadual e Local realizou um Ato Público de Desagravo, na sede do BIESP em Caruaru/PE, em virtude da violação de prerrogativas cometida por alguns policiais daquele Batalhão, contra o Advogado Sávio Delano, preso ilegalmente no exercício de suas atividades profissionais, no dia 5 de julho deste ano.

2. O desagravo é um direito da Advocacia e está previsto no art. 7º, § 5º da Lei Federal n.º 8.906/94 e consiste na leitura de um manifesto, onde a OAB repudia veementemente atos que desrespeitem ou violem as prerrogativas profissionais do Advogado.

3. No caso de ontem, o desagravo não foi contra a instituição da Polícia Militar, nem contra o BIESP, mas direcionado aos policiais que agiram ilegalmente na prisão do Advogado Sávio Delano, pois reconhecemos a importância desse Batalhão, responsável direto pela redução dos índices de violência em nossa cidade.

4. Por outro lado, lamentamos profundamente que um pequeno grupo, com interesses políticos, tenham plantado, irresponsavelmente, notícias falsas nas redes sociais, com intuito deturpar completamente nosso ato, na tentativa de induzir a população, mais desavisada, a erro.

5. Por fim, lamentamos, ainda, que esse mesmo grupo de pessoas, tenha incitado a população com discursos inflamados e inverídicos, no local do nosso ato, que levaram a alguns populares e integrantes de sindicatos, a entrar em confronto, num episódio isolado, sem nenhuma relação com o desagravo, e sem a participação dos Advogados presentes.

6. Registre-se, ainda, que desde ontem a OAB/PE, na pessoa de Ronnie Duarte, e a OAB Caruaru, na pessoa de Felipe Sampaio, estão realizando os esclarecimentos necessários aos advogados e a população, mostrando a verdade dos fatos, junto à imprensa e nas redes sociais.

7. Por fim, convocamos todos os advogados e advogadas para que propagem A VERDADE a todos aqueles que dela ainda não tenham conhecimento e, principalmente, reprimindo os que ainda insistem na propagação de notícias falsas até então ventiladas.

COMENTÁRIOS

WORDPRESS: 0
DISQUS: