Procon multa em R$ 1 milhão posto de combustível que espalhou boato sobre greve

HomeDIRETO DA REDAÇÃO

Procon multa em R$ 1 milhão posto de combustível que espalhou boato sobre greve

Empresa negou ter buscado benefício próprio com o boato.

Entenda por que trocar álcool 70% por outro tipo não é eficaz na prevenção ao coronavírus
Confira postos que já estão abastecendo a população em Caruaru
Homem coloca fogo na própria casa em Caruaru

(Foto: Nelson Antoine/Folhapress)

O Procon de Pernambuco notificou nessa segunda-feira (03), a empresa responsável pelo posto de combustível que iniciou a onda de boatos sobre uma “possível paralisação dos caminhoneiros” e desabastecimento de combustíveis no estado. O órgão aplicou uma multa de R$ 1 milhão a empresa, que pode recorrer em até 10 dias.

LEIA TAMBÉM: Nova paralisação de caminhoneiros pode acontecer após o feriado de 7 de setembro

Ainda de acordo com o Procon, outras oito empresas também foram notificadas. Caso a empresa não faça o pagamento da multa ela entrará na dívida ativa do estado. Há também uma proposta da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, para que o valor da multa seja convertido em uso exclusivo para abastecer os veículos da Secretaria Estadual de Saúde (SES). 

Ao Mídia Urbana a diretoria dos Postos PetroMega informou por meio de nota que a empresa não teve qualquer intenção de causar transtorno à população ou gerar benefício próprio e que “se colocou à disposição dos órgãos de Defesa do Consumidor para esclarecimentos e irá apresentar, em tempo hábil, toda a documentação que venha a ser solicitada”. 

COMENTÁRIOS

WORDPRESS: 0
DISQUS: