Mulher é agredida por apoiar movimento #EleNão

HomePernambuco

Mulher é agredida por apoiar movimento #EleNão

Um caso de agressão por motivos políticos foi registrado no ultimo domingo (07), no bairro do Arruda, na Zona Norte de Recife. O caso só veio a pú

Confira as principais matérias de 2018
Pesquisa mostra crescimento nas intenções de voto em Haddad
Michelle Bolsonaro testa positivo para Covid-19

Um caso de agressão por motivos políticos foi registrado no ultimo domingo (07), no bairro do Arruda, na Zona Norte de Recife. O caso só veio a público nessa quarta-feira (10), após uma postagem de uma amiga da vítima nas redes sociais.

De acordo com as informações da publicação, uma produtora foi espancada por dois homens e uma mulher dentro de um bar, a motivação da violência seria ela estar com bottons e adesivos do candidato Ciro Gome e do movimento #EleNão.

Ainda segundo a postagem, os agressores que eram eleitores de Bolsonaro começaram a discutir com a vítima em um bar até que começaram a ameaça-la com uma arma, após ela começar a filma-los, foi atacada. No post da amiga da vítima é possível ver hematomas no rosto e ferimentos graves no braço.

A filha da vítima informou que o braço dela foi quebrado e que os garçons do local tiveram que abrigar a produtora dentro da cozinha enquanto ela tentava ligar para a polícia, mas não teve sucesso. Outro familiar da vítima que preferiu não se identificar por segurança, contou que ela passou por uma cirurgia e só recebeu alta nesta quarta-feira (10).

COMENTÁRIOS

WORDPRESS: 0
DISQUS: