Regulamentação do UBER sem data para acontecer em Caruaru

HomeCARUARU E REGIÃO

Regulamentação do UBER sem data para acontecer em Caruaru

(Foto: Douglas Souza/LeiaJáImagens)

O processo de regulamentação dos aplicativos de transporte de passageiros teve inicio em abril de 2018, em Caruaru. O autor da propositura foi o vereador Alberes Lopes (PSL). Porém, vários meses já se passaram e a regulamentação ainda não foi feira na cidade.

Após o presidente Michel Temer sancionar em março deste ano a Lei Federal que regulamenta os aplicativos de transporte privado de passageiros, na qual os municípios têm o poder de regulamentar e fiscalizar esses serviços, mais de 20 municípios espalhados pelo país já regulamentaram. Entre eles temos, Recife (PE), São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ) e Brasília (DF).

A equipe do Mídia Urbana conversou com alguns usuários desses aplicativos para saber o que eles acham sobre essa regulamentação. Também procuramos uma resposta com o vereador propositor do projeto de regulamentação para saber o porque o processo está estancado.

CONSUMIDORES

O estudante de comunicação, Antônio Virgínio usa esse tipo de aplicativo todos os dias quando sai da faculdade para ir para casa. Quando ele é questionado sobre a regulamentação do serviço, ele diz ser contra e explica seus motivos. “Eu seria a favor desde que a regulamentação servisse para dar mais direitos aos trabalhadores desses aplicativos e mais segurança para nós que utilizamos. Eu apoiaria até se a medida acabasse aumentando o preço final através desse objetivo. No entanto, o que a gente vê é uma tentativa de impedir a livre concorrência de mercado”.

Filipe Ferreira, que é estudante de jornalismo também é contra essa regulamentação, ele usa o aplicativo cerca de três dias por semana e também explicou o seu posicionamento. “Creio que alguns itens dessa regulamentação estão corretos e se assemelham a itens dos taxistas, por exemplo. Mas vejo isso como uma forma de barrar esses serviços, por serem mais baratos e não gerarem impostos para os governos municipais”.

Já o auxiliar administrativo, Carlos Recupero, que não usa o aplicativo com tanta frequência, apenas cerca de duas vezes por mês, é a favor da regulamentação, e também disse os motivos de seu posicionamento. “Como consumidor, acho interessante a regulamentação pois, a concorrência é sempre benéfica ao mercado”.

RESPOSTA

A assessoria do vereador Alberes Lopes (PSL) informou que a regulamentação não foi feita ainda devido a mudança do presidente da destra nesse período. O vereador ainda se comprometeu a fazer um ofício cobrando que a regulamentação seja feita ainda esta semana.

A nossa equipe também entrou em contato com a Destra, mas até o momento da publicação dessa matéria não tivemos resposta.

COMENTÁRIOS

WORDPRESS: 0
DISQUS: 0