Caso ‘Canibais de Garanhuns’ será julgado nesta sexta (23)

(Foto: Reprodução Internet)

Nesta sexta-feira (23), será realizado o julgamento dos conhecidos “Canibais de Garanhuns”. Os suspeitos são acusados de  dois homicídios qualificados, destruição e ocultação dos cadáveres de duas mulheres. Os réus receberam o nome de canibais após as investigações mostrar que depois de matar eles consumiam e comercializavam a carne humana, nas cidades de Caruaru e Garanhuns em forma de empadas coxinhas.

O promotor de justiça responsável pelo caso, informou que um dos focos é descartar que os réus possuem algum tipo de transtorno de ordem mental ou psíquica passível de ser utilizado como argumento para afastar, total ou parcialmente, a punibilidade dos acusados.

Continua após a publicidade

O julgamento foi transferido para a Comarca do Recife, com o objetivo de  resguardar a segurança da ré e evitar a realização de um julgamento cujo Conselho de Sentença pudesse ser considerado parcial ou tendencioso, levando em consideração a comoção que o crime causou na cidade de Garanhuns.

Os réus já foram condenados em novembro de 2014, por morte, esquartejamento, ocultação de cadáver e prática de canibalismo contra a adolescente Jéssica Camila, de 17 anos. As investigações mostraram que a filha da adolescente, de dois anos, também comeu carne humana.

Recomendado para você