Bolsonaro corta cargos de universidades federais; Campus Agreste incluso

HomeBRASIL

Bolsonaro corta cargos de universidades federais; Campus Agreste incluso

 

O presidente Jair Bolsonaro (PSL), assinou um decreto onde extinguiu 21 mil cargos comissionados no serviço público federal, incluindo cerca de 13.710 que estavam em instituições de ensino, o que corresponde 65% do corte.

A decisão foi publicada na última quarta-feira (13), porém as áreas mas afetadas foram omitidas. As informações foram observadas em uma reportagem do jornal Folha de São Paulo, publicada nessa terça-feira (19).

De acordo com a reportagem, cargos de direção, funções comissionadas de coordenação de cursos e outras gratificações concedidas foram extintos.

Segundo a análise do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior, as funções gratificadas das recém-criadas universidades federais de Catalão (GO), Rondonópolis (MT) e Agreste de Pernambuco (PE) foram eliminadas.

O governo argumenta que a medida irá economizar cerca de R$ 195 milhões aos cofres públicos.

COMENTÁRIOS

WORDPRESS: 0
    DISQUS: