Criança é socorrida com mais de 100 larvas na cabeça no Recife

Continua após a publicidade

Uma criança de 1 ano e 10 meses foi socorrida para o Hospital Infantil Maria Lucinda, no bairro do Parnamirim, na Zona Norte do Recife, com mais de 100 larvas na cabeça. De acordo com o hospital, devido as larvas de moscas, a menina desenvolveu encefalite, uma inflamação no cérebro que pode causar danos permanentes.

A mãe da menina havia a levado a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Nova Descoberta, também na Zona Norte. A criança reclamava de dores na cabeça, que estavam sendo provocadas por um ferimento que estava repleto de larvas.

O hospital para onde a menina foi encaminhada denunciou o caso para o Conselho Tutelar, que foi até a casa da família. De acordo com o Conselho Tutelar, no local mora os pais e mais sete filhos, fora a menina, os demais tem entre dois e 15 anos de idade.

O Conselho Tutelar denunciou o caso a Delegacia de Polícia da Criança e do Adolescente (DPCA) e a Vara da Infância e Juventude do Ministério Público. A menina passou por uma cirurgia para retirada das larvas e foi levada para um abrigo até o fim das investigações.

Os demais filhos do casal também se encontram em negligência, alguns estão com as vacinas atrasadas, enquanto outros estão sem frequentar a escola.

Recomendado para você