Polícia prende suspeito de mandar matar radialista em Santa Cruz do Capibaribe

Claudemir Nunes foi morto a tiros ao sair da rádio onde trabalhava. (Foto: Reprodução/Internet)

A Polícia Civil de Pernambuco, por meio da 21a Delegacia de Homicídios de Santa Cruz do Capibaribe, deu cumprimento, nesta segunda-feira (15), ao Mandado de Prisão Temporária de Jeová Fortunato Gomes. O acusado é suspeito de ser o mandante do homicídio ocorrido no último dia 21 de março, que vitimou o radialista Claudemir Nunes da Silva. Após procedimentos legais, o preso será conduzido ao presídio de Santa Cruz do Capibaribe.

Continua após a publicidade

De acordo com a PC, o radialista teria se envolvido amorosamente com a esposa do mandante do crime.

A Polícia Civil de Pernambuco também nesta segunda-feira (15) apresenta à população a fotografia de Claudiano Silva Santos, mais conhecido como Cacau, que é acusado de ser executor do dito homicídio e que se encontra foragido.

Qualquer informação quanto ao paradeiro do acusado retratado, deverá ser repassada à Polícia Civil por meio dos telefones (81) 99488-7041 ou 3719-4545 (Disk Denúncia).

Recomendado para você