Flávio Bolsonaro é investigado por indícios de lavagem de dinheiro

Continua após a publicidade

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MP/RJ) encontrou indícios de irregularidades em transações de compra e venda de imóveis realizadas pelo senador Flávio Bolsonaro (PSL). De acordo com a informações divulgada pela Revista Veja na noite dessa quarta-feira (15), o senador teria investido 9,425 milhões de reais na compra de 19 imóveis.

Seguindo as informações da reportagem, os promotores informam que entre 2010 e 2017 o deputado teria lucrado mais de 3 milhões de remais em transações com suspeita de subfaturamento nas compras e superfaturamento nas vendas.

O MP afirma ainda que a possível fraude pode ter ocorrida para encobrir enriquecimentos ilícitos decorrente de desvios de recursos da Assembleia Legislativa do estado. A quebra de sigilo foi concedida pelo juiz da 27º Vara Criminal do Rio, Flávio Itabaiana Nicolau.

A Justiça do Rio de Janeiro autorizou na ultima segunda-feira (13), a quebra do sigilo bancário do senador e de seu ex-assessor Fabrício Queiroz. Foi quando o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), identificou movimentações consideradas atípicas na conta corrente de Queiroz e Flávio Bolsonaro passou a ser investigado.

Com informações do Diário de Pernambuco.

Recomendado para você