Senado derruba decreto de Jair Bolsonaro que flexibiliza porte de armas

(Foto: Moreira Mariz)
Nessa terça-feira (18), o Senado derrubou o decreto do presidente Jair Bolsonaro que flexibiliza as regras para o porte de arma de fogo. Com 47 votos a 28, a casa decidiu anular o documento que será apreciado nesta quarta-feira (19) pela Câmara, que caso também seja derrubado, perderá a validade.
De acordo com o que os parlamentares que são contra a proposta, caso aprovada, representaria um risco para o aumento da criminalidade do país. Durante a sessão, 10 parlamentares discursarão a favor e outros 10 contra.

No mesmo dia, muitos dos senadores defenderam que o Executivo deveria criar um Projeto de Lei em conjunto com o parlamento. “Tal medida burla claramente o princípio constitucional da reserva legal e da separação dos Poderes. O voto não foi apenas de sim ou não às armas mas, também, à democracia”, acrescentou o líder da oposição, Randolfe Rodrigues.

Recomendado para você