Reforma da Previdência deve começar a ser votada em segundo turno



Continua após a publicidade

A partir desta terça-feira (06), o plenário da Câmara dos Deputados podem votar a proposta de reforma da previdência em segundo turno. Para passar por aprovação são necessários 308 votos, com isso, a proposta é encaminhada para o Senado, onde também deve passar por votações.

Na primeira emenda aprovada pelos parlamentares, tem mudanças no cálculo de pensões por morte para viúvos ou viúvas de baixa renda e também antecipou o aumento da aposentadoria de mulheres da iniciativa privada. Outra emenda aprovada foi a suavização das regras para aposentadoria de policiais que servem a União.

Outra mudança foi a redução da idade mínima para a aposentadoria de professores, onde a idade dos homens cai para 55 e das mulheres para 52. Os acordos entre os partidos para aprovar concessões à reforma da Previdência reduziram para R$ 933,5 bilhões a economia estimada em 10 anos.

Recomendado para você