Lula e irmão são acusados de corrupção passiva continuada

A defesa de Lula continua a afirmar que ele vem sendo perseguido judicialmente. (Valter Campanato/ Agência Brasil Reprodução/ Youtube)

O ex-presidente Lula e seu irmão, José Ferreira da Silva foram denunciados por corrupção passiva continuada, nessa segunda-feira (09), pela força-tarefa da Lava Jato em São Paulo. De acordo com a acusação, o valor teria sido recebido por repasses de R$ 3.000 a R$ 5.000.

A acusação trabalha com um valor total de R$ 1,1 milhão. O ex-presidente nega ter recebido vantagens relacionadas a delação da Odebrecht, apresentada em 2017. A defesa de Lula continua a afirmar que ele vem sendo perseguido judicialmente, em processos no Paraná, São Paulo e Distrito Federal.

Continua após a publicidade

Outros nomes denunciados são: Alexandrino Alencar, delator e ex-executivo considerado elo da Odebrecht com Lula, Emílio Odebrecht, patriarca do grupo, e Marcelo Odebrecht, ex-presidente do conglomerado empresarial.

Recomendado para você