Manchas de óleo atingem praia de Tamandaré

(Foto: Wellington Pereira/TV Globo)

Manchas de óleo foram registradas nesta sexta-feira (18), na Praia dos Carneiros, em Tamandaré, no Litoral Sul de Pernambuco, uma das praias mais procuradas do estado. Nessa quinta-feira (17), as manchas voltaram a aparecer na praia de São José da Coroa Grande.

O capitão da Marinha do Rio Grande do Norte veio auxiliar nos trabalhos em Pernambuco, e apontou que o clima acabou auxiliando o avanço do óleo pelo litoral pernambucano. De acordo com ele, a força do vento fez com que as manchas chegassem a praia.

Continua após a publicidade

Moradores se mobilizaram para auxiliar na limpeza da Praia dos Carneiros. A Prefeitura do local enviou equipes para ajudarem na retirada do óleo.

NOTA DA PREFEITURA DE TAMANDARÉ

A Prefeitura de Tamandaré, por meio da Assessoria de Comunicação, vem a público informar que a cidade percebeu vestígio de óleo por volta das 5h da manhã de hoje, sexta-feira (18), onde foi recebida as imagens da Defesa Civil e de voluntários que estavam de prontidão em toda a área.

Carneiros foi a mais afetada. A Praia da Boca começou há pouco (por volta das 10h da manhã) a receber óleo em alguns pontos, mas em pequeníssima quantidade.

Centenas de voluntários estão envolvidos para a limpeza de toda a orla, a maioria concentrada em Carneiros. Alguns restaurantes fecharam suas portas para empenharem todos os esforços à limpeza da praia. O Bora-Bora, um dos grandes restaurantes, por exemplo, dispensou seus funcionários para ajudar, e vai servir toda a alimentação necessária para os envolvidos na limpeza.

Desde o dia em que se noticiou o derramamento de óleo nas praias do Nordeste, a Prefeitura de Tamandaré iniciou todo o processo de atenção. E há uma semana aproximadamente foi criado um gabinete de crise, o que já começa gerar resultados. Os materiais necessários para as primeiras providências foram providenciados antecipadamente.

Hoje cedo, após a informação de óleo em Carneiros, o prefeito Sérgio Hacker e a Secretaria de Meio Ambiente estão no local, ajudando, coordenando e auxiliando todo o processo. A imprensa está sendo assistida também no mesmo local.

No CEPENE, a UFPE, Prefeitura de Tamandaré, Colônia de Pescadores e vários voluntários articularam toda a estrutura para ficarem a postos (bóias, cabos, poitas, barreiras, combustível, embarcações, sacos plásticos, big bags, tratores, caminhões e mobilização de voluntários e identificação de espertos para atuar na represa de óleo no mar.

O CEPENE, UFPE e Instituto Recifes Costeiros estão com embarcações monitorando o mar, 01 drone e 01 luneta e uma aeronave fretada por empresários do réveillon carneiros.
Colônia de pesca Z5 mobilizou os barcos de pesca para lançar ao mar a partir de amanhã para monitoramentos intensivo à pelo menos 2 a 5 milhas da costa. Os barcos de pesca a postos, e os jangadeiros e operadores de turismo náutico.

Foi montado ainda um posto de monitoramento aéreo em Carneiros, e mais um posto no farol do Forte de Tamandaré. Voluntários se alistaram previamente para se juntarem no local de concentração a ser divulgado em Caso de alarme.

A Prefeitura de Tamandaré, com o apoio de voluntários está pronta para a tomada de providências e empenhada para que todas as praias de Tamandaré fique limpa no curto prazo de tempo possível.

Ainda é cedo para mensurar a quantidade de óleo retirado do mar, ou o número de voluntários envolvidos. Informaremos em breve.

Tamandaré, 18 de outubro de 2019

Recomendado para você