Lei garante meia-entrada para doadores de sangue e medula em Pernambuco

Foto: Reprodução Internet

Uma Lei Estadual que garante meia entrada para doadores regulares de sangue e medula óssea foi publicada nessa terça-feira (10), no Diário Oficial. A Lei garante o direito em espetáculos artístico-culturais e esportivos realizados no Estado de Pernambuco.

A lei teve origem em um projeto da deputada estadual Gleide Ângelo (PSB). Os estabelecimentos que descumprirem a lei podem acabar pagando multas que podem variar entre R$ 500 e R$ 100 mil, a depender das circunstâncias, aponta o texto.

Continua após a publicidade

De acordo com o documento, os doadores devem ter acesso com desconto a salas de cinemas, cineclubes, teatros, espetáculos musicais e circenses, eventos educativos, esportivos, de lazer e entretenimento, em todo o estado de Pernambuco, realizados por estabelecimentos públicos ou privados.

Para conseguir o benefício, é necessário que o doador de sangue tenha uma declaração expedida por uma entidade reconhecida pelo Governo de Pernambuco, e que tenha registro de pelo menos três doações no caso de homens, e de duas em caso de mulheres, em um prazo de um ano. Os doadores de medula óssea, devem comprovar a inscrição no Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome) a pelo menos um ano.

Recomendado para você