Governo estadual prorroga fechamento do comércio até 15 de maio

Praça do Marco Zero, no centro de Caruaru. (Foto: Leonardo Santos)

O Governo de Pernambuco prorrogou nesta quinta-feira (30) o prazo de isolamento social em todo o estado. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, a medida foi adotada devido ao aumento do número de casos e mortes confirmados da Covid-19 (Sars-Cov-2), em todas as regiões do estado. O Decreto Estadual nº 48.973 foi assinado pelo governado Paulo Câmara (PSB), estende o período de quarentena em Fernando de Noronha, e mantém a suspensão de atividades econômicas, prorrogação do reinício das aulas atividades em escolas, faculdades e universidades, públicas e privadas, no estado. O novo decreto também veda a realização de atividades físicas em parques, em praças, nas praias e calçadões das avenidas situadas na faixa de beira-mar e beira-rio.

O novo decreto permitiu ainda o funcionamento das atividades de loja de informática, por meio de entregas em domicílio ou ponto de coleta. Além disso, os serviços de assistência técnica em eletrodomésticos e equipamentos de informática também estão liberados.

Continua após a publicidade

Até o momento Pernambuco contabiliza com 6.876 casos e 565 mortes confirmadas. O novo decreto prorroga o prazo de isolamento social e fechamento do comércio até o dia 15 de maio, quando uma nova decisão sobre o aumento da quarentena ou relaxamento das medidas de isolamento social serão tomadas pelo gabinete de crise.

Recomendado para você