Médico morre com Covid-19 no Recife: ‘um soldado da saúde, abatido em batalha’, diz viúva

Ortopedista Homero Rodrigues, de 49 anos, morreu de Covid-19, no Recife — Foto: Reprodução/Facebook

O ortopedista Homero Rodrigues, de 49 anos, foi mais um dos profissionais de saúde que morreu com Covid-19 em Pernambuco. O diagnóstico da doença foi confirmado pela Secretaria Estadual de Saúde. O médico, que atuava na rede pública e privada do estado, ficou 26 dias internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e faleceu no domingo (17), segundo a mulher dele, a médica Cristiane Santos.

A viúva fez uma postagem nas redes sociais, na segunda-feira (18), contando sobre o falecimento do marido, no Recife. Homero Rodrigues deixou dois filhos, de 7 e 17 anos. Ao G1, através de mensagem, ela relatou que o corpo do marido foi cremado.

Continua após a publicidade

“Ele partiu, generosamente, numa madrugada chuvosa de sábado para o domingo. Levou no coração uma legião de amigos e admiradores. Homero você foi um soldado da saúde, abatido em batalha, na linha de frente da Covid -19”, escreveu Cristiane nas redes sociais.

Cristiane contou que os primeiros sintomas apareceram em 16 de abril. “Era conjuntivite [bem raro]”, relatou a viúva ao G1. Ainda segundo ela, no mesmo dia, Rodrigues fez um exame para constatar a Covid-19, que só teve resultado cinco dias depois.

No dia 19 de abril, outros sintomas começaram a surgir, como febre e tosse. Um dia depois, ele foi internado. O quadro de saúde foi piorando, até que ele foi para a UTI. “Foram 26 dias de UTI e, apesar de todos os esforços , o perdemos”, lamentou.

Homero Rodrigues era ortopedista e, entre outros locais, trabalhava há dez anos no Hospital Dom Helder Câmara, no Cabo de Santo Agostinho. Por meio de nota, o Conselho Regional de Medicina em Pernambuco (Cremepe) lamentou a morte de Homero Rodrigues. A entidade resumiu a trajetória do profissional.

do G1,

Recomendado para você