Funcionários dos Correios de Pernambuco decretam estado de greve

Foto: Divulgação/WhatsApp

Trabalhadores dos Correios em Pernambuco aprovaram por unanimidade na noite desta quinta-feira (23) a decretação do estado de greve, em assembleia geral extraordinária realizada no bairro de Santo Amaro, região central do Recife. A assembleia realizada pelo Sindicato dos Trabalhadores dos Correios e Telégrafos de Pernambuco (SINTECT-PE), contou com a presença de funcionários públicos das unidades do Recife, Caruaru e Petrolina.

Além do estado de greve em Pernambuco, os trabalhadores dos Correios que participaram da assembleia rejeitaram por unanimidade, a proposta do governo federal de Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) apresentada pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), que previa a retirada de 70 cláusulas do atual ACT, entre elas acabando com os 30% do adicional de risco; auxílio creche/babá; 70% sobre férias, e entre outros direitos dos trabalhadores da ativa, aposentados e anistiados.

Continua após a publicidade

A não privatização da estatal também está entre as demandas. Ainda não há uma data para a realização de uma nova assembleia, que poderá discutir o movimento de greve nacional.

Recomendado para você