URGENTE: Funcionários dos Correios decretam greve nacional por tempo indeterminado

Foto: Arquivo/Agência Brasil.

Os sindicatos dos trabalhadores dos Correios decretaram nesta segunda-feira (17) greve nacional por tempo indeterminado. A motivação para a paralisação das atividades por parte dos sindicatos é que não houve acordo na proposta de reajuste salarial. De acordo com os sindicatos, a greve precisa acontecer para garantir o direito dos trabalhadores. Além disso, eles são contrários a proposta de privatização dos Correios que pode ser apresentada a qualquer momento pelo Governo Federal. 

De acordo com o secretário da FENTECT (Federação Nacional dos Trabalhdores em Empresas de de Correios e Telégrafos e Similares), Emerson Marinho, a greve será nacional. “Todos os sindicatos decidiram pela paralisação hoje”. Segundo ele, nos locais onde há terceiro turno de trabalho a greve começará às 22 horas de hoje. Já nos demais locais, em todo o país, a paralisação será iniciada a partir da meia-noite.

Continua após a publicidade

Como os Correios se tratam de um serviço de natureza essencial, o que foi salientado no decreto de calamidade pública da pandemia da Covid-19, o mínimo de pessoal deve ser mantido para não paralisar as atividades por completo. 

Recomendado para você