Caso Miguel: Sari Corte Real é citada pela Justiça a apresentar defesa em até 10 dias

Sari Corte Real é primeira-dama de Tamandaré — Foto: Reprodução/TV Globo

O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) cumpriu um mandado de citação de Sari Corte Real após o recebimento da denúncia do Ministério Público pela morte de Miguel Otávio, de 5 anos, que caiu do 9º andar de um prédio de luxo no dia 2 de junho, no Recife. A defesa da primeira-dama de Tamandaré tem até o dia 27 de agosto para responder às acusações.

Por telefone, o advogado Pedro Avelino, que defende Sari Corte Real, informou ao G1 que o procedimento de citação é corriqueiro e já esperado. A defesa vai ser oferecida dentro do prazo legal.

Continua após a publicidade

Sari estava responsável por Miguel Otávio, filho da ex-empregada doméstica dela, quando a criança caiu do prédio. A mãe do menino, Mirtes Souza, havia saído do apartamento para passear com o cachorro da então patroa.

De acordo com o TJPE, o mandado de citação foi cumprido na segunda (17) e o juiz José Renato Bizerra deve analisar a defesa de Sari, podendo decretar sua absolvição ou iniciar a fase de instrução do processo.

Essa fase é composta pela escuta de testemunhas, apresentação de documentos ou de perícias. Em seguida, o Ministério Público e a defesa apresentam alegações finais e o juiz profere a decisão. O julgamento não tem data marcada.

do G1 PE,

Recomendado para você