Jovem que fez apologia ao nazismo é apreendido e levado para delegacia durante a madrugada

HomeCARUARU E REGIÃO

Jovem que fez apologia ao nazismo é apreendido e levado para delegacia durante a madrugada

Na última quinta-feira (17), um jovem foi flagrado em um shopping de Caruaru usando uma suástica no braço - a apologia ao nazismo é crime previsto em

Garanhuns amplia medidas restritivas e proíbe venda de bebidas alcóolicas na cidade
Câmara de Caruaru analisou mais de mil proposituras em 2018
Prefeitura de Caruaru divulga edital para cadastro de agricultores familiares

Na última quinta-feira (17), um jovem foi flagrado em um shopping de Caruaru usando uma suástica no braço – a apologia ao nazismo é crime previsto em lei. O caso tomou conta das redes sociais após um vídeo feito por Breno Melo, criador do “Bode Gaiato” que denunciou o caso. De acordo com uma publicação feita por Breno em redes sociais, o jovem nazista foi colocado sob custódia da polícia na madrugada da sexta (18).

Post feito por Breno Melo em uma rede social. (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

O CASO

Um jovem foi expulso na tarde desta quinta-feira (17) de um shopping em Caruaru, no Agreste Pernambucano, após usar uma suástica no braço. Alguns clientes se sentiram incomodados com a imagem que o jovem estava expondo no braço direito e que fazia apologia ao nazismo, quando então chamaram seguranças do centro de compras que retiraram o jovem do local.

No vídeo que circula nas redes sociais é possível ver o jovem alegando que está fazendo uso de sua “liberdade de expressão”, ao utilizar o símbolo que é marca do nazismo durante o período da Segunda Guerra Mundial, na Alemanha.

De acordo com artigo 20, § 1º, da Lei 7.716/89, alterada pela Lei 9.459/97, fala que “fabricar, comercializar, distribuir ou veicular símbolos, emblemas, ornamentos, distintivos ou propaganda que utilizem a cruz suástica ou gamada, para fins de divulgação do nazismo”, tem pena de reclusão de um a três anos e multa. Conforme estabelece a legislação.

Em nota, o Caruaru Shopping informou que assim que tomou ciência do ocorrido expulsou o jovem do centro de compras e que não compactua e repudia toda forma de apologia ao nazismo. O centro de compras não registrou boletim de ocorrência sobre o ocorrido.

COMENTÁRIOS

WORDPRESS: 0
DISQUS: 0