Cultura, música, alegria e diversão marcam o primeiro final de semana da Estação Ferroviária

HomeSÃO JOÃO DE CARUARU 2023

Cultura, música, alegria e diversão marcam o primeiro final de semana da Estação Ferroviária

Quem vem para Caruaru curtir o Maior e São João do Mundo precisa incluir no seu roteiro turístico o passeio pela Estação Ferroviária, segundo maior Polo da festa junina. O espaço é em um dos pontos turísticos mais antigos da cidade. A decoração do local é um espetáculo à parte e atraiu centenas de turistas e caruaruenses que lotaram o espaço nesses dois primeiros dias de festa.

O primeiro fim de semana da festa junina mais popular do país foi marcado pelas tradicionais apresentações culturais que acontecem no local. O polo conta ainda com Vila Cênica, quadrilhas, banda de pífanos, desfiles de bacamarteiros e muito mais.

“Queria parabenizar a todos pelo São João deste ano. Fazia muito tempo que eu não via Caruaru tão cheia e com uma estrutura que a cidade já vinha merecendo a tempos e, este ano, estamos podendo ver. A decoração está linda! Meu filho ainda não conhecia e, hoje, eu trouxe. Ele ficou encantado com tudo!”, disse Letícia Batista.

Um dos muitos polos que funcionam na Estação Ferroviária é o Polo Camarão, dedicado ao autêntico ‘Forró Pé de Serra’. Na noite deste domingo (4), o espaço contou com a apresentação das bandas: SP Forró – Trio Beijo de Moça, Trio da Lua, Ailtom Martins, Bernadete França e Trio Sabiá.

O Coletivo SP Forró, de forma inédita, se apresentou, neste domingo, no Maior e Melhor São João do Mundo. As cinco atrações são residentes do Estado de São Paulo. O cantor do Trio da Lua falou da emoção de se apresentar no Agreste de Pernambuco. “É a realização de um sonho. Pela primeira vez na história, um coletivo de São Paulo vindo para Caruaru, trazer um ritmo que é tradição e que nasceu aqui”, disse o artista, Wagner Ufracker.

Na ocasião, o vice-presidente da Fundação de Cultura de Caruaru, Hérlon Cavalcanti, falou sobre a importância desse intercâmbio cultural no São João. “Fizemos uma ponte entre São Paulo e Caruaru, no ano passado, para que esses artistas pudessem participar do edital e estarem aqui, no São João de Caruaru. Hoje, a programação do palco é feita por nordestinos que foram morar em São Paulo. Em agosto, a ideia é fazer o movimento contrário, levando uma comitiva de Caruaru para São Paulo”, disse o vice-presidente.

COMENTÁRIOS

WORDPRESS: 0
DISQUS: 0